Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos


Imagem Google 


APENAS UMA PONTE
Ysolda Cabral
 
 
Num Ponto daquela Ponte;
há tanto de mim!...
 
De nós dois, talvez...
Do primeiro encontro,
do primeiro beijo...
Do primeiro verso apaixonado,
no instante em que o amor se fez perfeito.
 
Há um Ponto naquela Ponte,
da passagem do Destino,
em barco do Mar viajante,
ou nas asas de uma Garça,
imaculadamente branca,
apesar do lixo e do Mangue.
 
Há um Ponto naquela Ponte,
de partida e de chegada;
onde está grafado os nossos nomes,
como se Ponte fosse Árvore.

**********

Praia de Candeias-PE
27.09.2017
Apenas Ysolda 

www.fugindodocontexto.blogspot.com.br

Para escutar a canção de fundo, acesse:

http://www.ysoldacabral.prosaeverso.net/visualizar.php?idt=6126558

 
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 27/09/2017
Alterado em 27/09/2017

Música: LONGARINAS - EDNARDO

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras